Jornal A Tribuna

Entrevista dada ao Jornal A Tribuna de Piracicaba sobre a responsabilidade pela conservação dos passeios públicos.

De um lado, a calçada é um espaço público usado diariamente por todos os tipos de pessoas. Do outro, é privado. É o dono do imóvel, o responsável pela construção e conservação do pavimento entre a rua e sua casa, sob pena de multa - na capital paulista o valor pode chegar a R$ 460.
De acordo com os especialistas, o ideal é que os passeios sejam seguros e funcionais. "Em primeiro lugar, é preciso lembrar que a calçada é um espaço público, ela não pode ser tratada da mesma forma que a casa das pessoas, onde cada um faz o que quer.

"Os quatro pisos determinados pela Prefeitura foram testados porque são mais seguros, oferecem acessibilidade para todos, inclusive para quem tem mobilidade reduzida e deixam as calçadas mais bonitas. Os passeios feitos nesses padrões são bons tanto para o donos de imóveis quanto para os pedestres", afirma Karla Cunha, arquiteta que mantém o blog www.karlacunha com.br sobre arquitetura e sustentabilidade.

Confira a matéria na íntegra.